Atuação

Segundo a Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO), considerando-se a situação atual de retração do mercado de engenharia no Brasil, o mercado de engenharia de produção é sem sombra de dúvida o que desfruta da melhor situação. Todos os engenheiros de produção vêm conseguindo boas colocações no mercado principalmente em função do seu perfil que coincide com o que se está demandando nos dias de hoje: um profissional com uma sólida formação científica e com visão geral suficiente para encarar os problemas de maneira global.

Também, a ABEPRO define como área específica de conhecimento do Engenheiro de Produção os métodos gerenciais, a implantação de sistemas informatizados para a gerência de empresas, o uso de métodos para melhoria da eficiência das empresas e a utilização de sistemas de controle dos processos da empresa.

Tudo o que se refere às operações essenciais de uma empresa faz parte das atribuições típicas do Engenheiro de Produção, como: planejar e programar a produção e a distribuição, supervisionar a qualidade e a eficiência dos produtos e processos, além de avaliar os impactos sócio-ambientais das atividades. É por isso que o engenheiro de produção pode trabalhar em praticamente qualquer tipo de organização. A ABEPRO lista dez sub-áreas de atuação do Engenheiro de Produção:

1. Gestão da produção.
2. Gestão da qualidade.
3. Gestão econômica.
4. Ergonomia e segurança do trabalho.
5. Gestão do produto.
6. Pesquisa operacional.
7. Gestão estratégica e organizacional.
8. Gestão do conhecimento organizacional.
9. Gestão ambiental.
10. Educação em engenharia de produção e outras áreas.

A demanda social crescente pela Engenharia de Produção decorre fundamentalmente de seu papel estratégico para o aumento da competitividade industrial, fornecendo meios para inovar a produção com modelos de gestão e organizacionais que buscam melhorias contínuas, qualidade, desenvolvimento integrado de produtos, redução permanente de custos, integração de funções, sistemas de informação vinculados ao chão-de-fábrica, organização do trabalho através de implementação de equipes de trabalho, requalificação da mão-de-obra, participação e mobilização da inteligência dos trabalhadores diretos e outros.

Grupo Unis

Missão

”Formar pessoas socialmente responsáveis, em diferentes áreas do conhecimento, contribuindo para o desenvolvimento das regiões em que atua.”

Visão

"Até 2018, ser uma Instituição de Ensino Superior que, mediante práticas inovadoras e tecnológicas, se destaca no cuidado com sua gente."

Valores Institucionais

Prestabilidade, Excelência e Inovação.

Tweets

Galeria de Fotos